A OMS exorta o público a evitar limpezas dentais durante a pandemia

A OMS exorta o público a evitar limpezas dentais durante a pandemia

por: Alexa Mae Asperin

Postado: / Atualizado:

SAN FRANCISCO (KRON) – A Organização Mundial da Saúde emitiu novas orientações aconselhando as pessoas a adiarem as limpezas dentais de rotina em meio à pandemia de coronavírus.

De acordo com a OMS, todas as limpezas dentais, exames de saúde bucal e outros cuidados preventivos devem ser adiados até que os números de coronavírus nas comunidades diminuam, porque os dentistas trabalham bem próximos aos pacientes por períodos prolongados de tempo.

“Seus procedimentos envolvem comunicação face a face e exposição frequente a saliva, sangue e outros fluidos corporais e manipulação de instrumentos pontiagudos”, afirma a orientação. “Consequentemente, eles estão em alto risco de serem infectados com SARS-CoV-2 ou de transmitir a infecção para os pacientes.”

Aerossóis podem levar à “rápida contaminação de superfícies e potencial para a disseminação da infecção”, acrescentou a OMS.

Isso é potencializado pelo uso de equipamentos odontológicos que pulverizam e produzem partículas que vão para o ar.

A OMS está aconselhando dentistas a aconselharem os pacientes sobre como manter a higiene dental adequada por meio das redes sociais ou por chamada de videoconferência.

Exceções podem ser feitas para emergências ou que necessitem de atendimento urgente, disse a OMS.

As orientações dizem que os dentistas que estiverem operando neste período devem mitigar o risco praticando o distanciamento social, usando proteção facial e / ou respirador, óculos de proteção e outros EPIs.

Todas as superfícies tocadas com freqüência também devem ser limpas.

Últimas histórias: