Caso 'Homem Pateta': PCDF descobre um paradeiro criminoso que aterroriza crianças na web

Caso 'Homem Pateta': PCDF descobre um paradeiro criminoso que aterroriza crianças na web

Um PCDF (Polícia Civil do Distrito Federal) está investigando o perfil Jonatan Galindo, mais conhecido como Homem Pateta, que tem terrorizado crianças além de ser acusado de induzir como aquelas que causam danos à própria vida. Os perfis na rede social do Facebook usam como foto de perfil uma imagem de um personagem semelhante ao personagem da Disney, Pateta.

De acordo com informações, uma ação da Delegacia de Proteção a Criança e o Adolescente descobriu através de informações fornecidas pela Interpol, o autor do perfil “Homem Pateta” sério da Itália e já foi preso no país.

‘Homem Pateta’ ainda não fez ameaças no Brasil

O perfil Jonatan Galindo, o “Homem Pateta” segue espalhado pelo Facebook, de acordo com informações como investigações ainda não estão no início, mas os primeiros passos já foram dados para confirmar se a identidade do suspeito de iniciar o perfil do ‘Homem pateta’ é real.

) A Polícia de Brasília ainda não registrou nenhuma ocorrência significativa ao perfil Jonatan Galindo, mas já foi apurado que o perfil existe desde 2017 .

Mesmo assim, não há casos no Brasil, uma preocupação é grande, já que os usuários já conheceram. em português.

Ameaças vindas antes de ‘Homem Pateta’

O “Homem Pateta” não é a primeira ameaça que preocupa os pais e responsáveis. Em 2017, em uma rede social da Rússia, o desafio de “Baleia Azul” viralizou e teve uma onda de tentativas de tirar a própria vida afetada, como as crianças e adolescentes.

O desafio chegou ao Brasil, aqui também causou várias ameaças, mas foi identificado como o alerta dos pais e responsáveis ​​sobre o conteúdo ouvido pelos jovens que participaram de um desafio.

Após a “Baleia Azul” veio a “Boneca Momo”, que foi inspirada em uma lenda japonesa, ela tinha o mesmo objetivo que o desafio anterior, mandava mensagens com ameaças e costumava cometer uma vítima na vida pessoal.

‘Homem pateta’ na mira da polícia

Além da polícia civil do Distrito Federal, o criminoso está também no Ministério Público, que foi acionado para auxiliar na investigação de perfil.

Rodrigo Delmasso, vice-presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal, pediu que o conteúdo relacionado ao perfil Jonatan Galindo fosse retirado da Internet.

aplicação de multa no valor de R $ 1 milhão ao dono do perfil. Esse valor será revertido para ONGs que cuidam de jovens e crianças em situação de vulnerabilidade.

Além da polícia, o próprio Facebook já teve medidas para conter os criminosos por trás do perfil Jonatan Galindo. A rede social declarou estar desativando o ar, páginas e perfis com conteúdo que incentivam a automação.

Não perca a nossa página no Facebook!

© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

continue lendo …