Morre Stephany Rosa, que ficou famosa pelo meme 'bêbada de Curitiba', aos 30 anos de idade

Morre Stephany Rosa, que ficou famosa pelo meme 'bêbada de Curitiba', aos 30 anos de idade

Esse início de semana tem sido de muitas notícias no meio dos Famosos . Muitos artistas mundialmente conhecidos perderam suas vidas nos últimos dias, deixando um rastro de dor e saudades nos fãs, amigos e familiares.

Falece jovem do meme ‘bêbada de Curitiba’

No ano de 2012, uma jovem de Curitiba foi pega em uma blitz da lei seca, que estava começando a ser implantada no Brasil . Stephany Rosa dirige com sinais de embrulho ao ser pega pelas autoridades. Uma equipe da Rede Massa estava acompanhando a operação policial e a entrevista dada pela moça desviada pelos telespectadores. A jovem, que ria e chorava ao mesmo tempo, falava coisas engraçadas e viralizadas ao dizer que seu pai ia matá-la.

Uma reportagem ganhou o Brasil na época e a moça ficou nacionalmente conhecida como “bêbada de Curitiba”. Na ocasião, um jovem disse que o meme nas redes sociais havia virado na sua cabeça por baixo, mas que conseguia superar com o passar dos anos.

segunda-feira (13), foi informado que a moça, que estava com 30 anos, veio a óbito. Stephany lutava contra um câncer de ovário desde o ano de 2018, quando detectada uma doença. Os familiares do jovem confirmaram ou o seu falecimento através de redes sociais.

Stephany pediu ajuda para tratamento

A última postagem feita pelo jovem em seu perfil no Facebook foi solicitada como ajuda financeira para realizar um tratamento alternativo contra o câncer, visto que o tratamento convencional não estava fazendo efeito.

No dia 6 de junho, um moça postou um link para uma vaquinha virtual com a intenção de atingir uma quantia de 20 mil reais, mas ela conseguiu obter mais de 120 mil reais.

Na legenda da publicação, Stephany disse que estava lutando contra o câncer há quase dois anos e resistiu a pedir ajuda financeira, mas que estava sem perspectiva de aplicar o tratamento convencional que estava realizando.

Ela disse que estava buscando um tratamento alternativo e que era uma ajuda para isso, para contratar uma empregadora e outras coisas necessárias.

A moça divulgou um vídeo onde continha sua história de vida, respeito à doença e tratamento que estava realizando para combater o câncer no ovário.

Stephany contou que foi desafiador a fazer tudo o que foi feito, por não achar capaz, por problemas internos e de autossabotagem.

Um jovem revelou um perfil no Instagram, onde trabalha como consultora de cosméticos e postagens sobre autocuidado. Familiares e amigos da moça usaram como redes sociais para lamentar sua morte tão cedo. Stephany será enterrada nesta terça-feira (14), no cemitério Santa Cândida, em Curitiba.

Não perca a nossa página no Facebook!

© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

continue lendo …