O GSI repudia a denúncia do JN e dá nova versão sobre a frase de Bolsonaro

O GSI repudia a denúncia do JN e dá nova versão sobre a frase de Bolsonaro

Globo: nota confirmada e mantém dúvida sobre o sentido da fala.

)

Mudança no governo põe em xeque versão de Bolsonaro sobre reunião ministerial

Mudança no governo põe em xeque versão de Bolsonaro sobre reunião ministerial

O ministro chefe do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno, enviou uma nota ao jornalismo da Globo com críticas à reportagem exibida no Jornal Nacional sobre trocas feitas pelo presidente Jair Bolsonaro em sua segurança de carga GSI .

afirma que material é mal elaborado e que é uma tentativa de fazer uma denúncia contra o Presidente da República, usando como exemplo a promoção do General Sá Corrêa, recém nomeado Comandante da 8ª Brigada de Infantaria Motorizada, de Pelotas-RS.

Nota seguinte dizendo que então Coronel Sá Corrêa foi selecionado pelo Alto Comando do Exército, por seus crimes, para integrar uma lista de escolha que seria levada ao Presidente da República. O Presidente não participa das reuniões de promoção de funcionários públicos, que ocorrem no Alto Comando das Três Forças.

Uma nota afirma, porém, que compete ao presidente, por lei, examinar como listas de escolha levadas pelo ministro da Defesa e escolher, nomes, os promovidos. E que cabe ao presidente, o Comandante Supremo das Forças armadas, assina os Decretos de Promoção.

Segundo a nota, o Coronel Suarez assumiu a Chefia do Departamento de Segurança porque era o mais antigo depois do Coronel Sá Corrêa.

O ministro Augusto Heleno afirma ainda que, na reunião ministerial, seus ministros, e não em público, o presidente citou, apenas como exemplo, uma troca que desejasse realizar, na segurança pessoal dele. E, caso houvesse qualquer oposição a essa troca, na ponta da linha, ele poderia chegar até um demitir ou ministro para que sua decisão fosse cumprida.

Uma nota concluída que afirma que o presidente não se referiu a nenhum caso real que houvesse ocorrido com sua segurança pessoal.

Em resposta ao ministro, a Globo divulgou a seguinte nota:

“Uma nota do ministro do gabinete de segurança Augusto Heleno institucional confirma integralmente o que o Jornal Nacional . O antigo titular da direção de segurança pessoal da presidência, o então coronel Sá Correa, foi promovido a uma brigada geral por escolha do presidente Bolsonaro. O substituto escolhido foi o número dois do departamento. Em nenhum momento, o Jornal Nacional questionou os méritos do general Sá Correa.

É apenas mostrar o que a versão do presidente sobre o que disse na reunião ministerial de 22 de abril não encontra respaldo na realidade. O presidente reiterado vezes afirmou que se refere à segurança dele, de sua família e de seus amigos, quando disse que tentou fazer alterações na segurança do Rio e não conseguiu.

Como apareceu o Jornal Nacional, o presidente não teve dificuldades em fazer trocas no departamento responsável por sua segurança. Promoveu o titular, substituiu-o pelo seu conjunto e também trocou a chefia do escritório no Rio. Sem dificuldades.

reunião ministerial de 22 de abril ganha agora mais uma versão. Segundo o ministro Augusto Heleno, o presidente, ao mencionar a segurança no Rio, quis dar apenas um exemplo sobre o que poderia exigir uma troca no setor e encontrar uma alternativa: poderia chegar até um demitidor ou ministro para ver sua decisão aceita, não tendo ou presidente se referindo a nenhum caso real que tenha ocorrido. Registre-se também que o ministro Augusto Heleno não esclareceu por que motivo ou presidente se viu compelido a esse exemplo.

A dúvida permanece. ”

Ato de Bolsonaro põe em xeque versão dele para o que disse na reunião ministerial

Ato de Bolsonaro faz xeque versão dele para o que disse na reunião ministerial

Boletim G1 Criado com o Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu email.

Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado! Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.

Consulte Mais informação